“Fermentar a sua própria comida significa fazer um eloquente protesto - dos sentidos - contra a homogeneização dos sabores e das experiências alimentares”

Michael Pollan

FAQ

tudo que você sempre quis saber sobre kombuchá e tinha vergonha de perguntar

Quantos ml vêm em uma garrafinha de Kombuchá do K?

Cada garrafinha tem 355ml. 

 

Quanto de Kombuchá devo beber por dia? 

Isso varia de pessoa para pessoa. Como se trata de uma bebida e não de um remédio, recomendamos sempre prestar atenção nas respostas do seu corpo ao consumo. De uma maneira geral, recomendamos tomá-la todos os dias, ao menos uma garrafa por dia. Caso você nunca tenha tomado fermentados naturais antes, comece com uma dose pequena (meia garrafa, por exemplo) e vá aumentando quando o seu corpo for se acostumando. Para uma informação mais precisa sobre o seu caso, consulte um médico ou um profissional de nutrição.

 

Por quanto tempo eu devo tomar Kombuchá?

Não existe uma duração para o uso do kombuchá ou outros fermentados naturais. Seu consumo deve ser constante e contínuo, pois não se trata de um tratamento médico e sim de uma alternativa natural para a saúde do seu corpo.

 

Kombuchá possui cafeína?

Sim, o Kombuchá é feito com chá preto (camellia sinensis) e portanto possui teína, a "cafeína" do chá. 

 

Kombuchá possui álcool?

O kombuchá pode conter um traço de álcool de no derivado do seu processo de fermentação. Nosso kombuchá é testado em laboratório e apresenta um traço inferior a 0,1% de álcool, ou seja, não é considerado uma bebida alcóolica.

 

Quanto de açúcar há numa garrafinha de Kombuchá?

O açúcar presente na composição do kombuchá serve de alimento para a cultura de bactérias e leveduras que fermenta o chá, portanto é consumido e transformado por ela. É através da transformação do açúcar que a colônia transforma o chá adocicado na bebida final, uma bebida bem mais complexa que sua mistura antes da fermentação. O açúcar que uma garrafinha contém é somente o residual do processo de fermentação.

 

Qual é a validade do Kombuchá?

Apesar do kombuchá ser uma bebida fermentada que se preserva muito bem (algo similar ao vinho, por exemplo), com o tempo, porém, ele ganha notas mais e mais avinagradas, chegando a um ponto que deixa de ser palatável. Recomendamos o consumo em até 6 meses após a fabricação porque neste tempo, se mantido refrigerado, o sabor do kombuchá ainda permanece o mesmo. Após aberto, recomendamos o consumo em até 3 dias, mantido refrigerado.

 

Meu Kombuchá estourou. Isso é normal?

O kombuchá possui gás natural, proveniente da fermentação. Quando exposto a calor ou quando chacoalhado, a garrafa pode estourar sim. Para isto, evite ao máximo balançar a sua garrafinha com vigor! Caso parte do insumo do seu kombuchá tenha decantado (isso é comum e esperado), vire a garrafa suavemente para cima e para baixo, evitando qualquer movimento brusco. Evite também deixá-la em congeladores ou refrigeradores gelados demais, pois o congelamento também pode levar ao estouro. 

 

Meu Kombuchá está avinagrado. Significa que ele estragou?

Com o tempo, o kombuchá ganha notas mais e mais avinagradas, chegando a um ponto que deixa de ser palatável. Isso se dá porque um dos subprodutos da fermentação da colônia de kombuchá é justamente o ácido acético, ou o vinagre. Para muitas pessoas, o sabor do kombuchá é bastante avinagrado, pois nem todo mundo tem o hábito de consumir bebidas pouco doces e com notas ácidas. Nós do k tentamos fazer uma fermentação equilibrada que resulta numa bebida final suave, com um bom balanceamento de doce e avinagrado. Ainda assim, dependendo do seu paladar, você pode julgar o nosso kombuchá avinagrado. Se ele estiver no seu prazo de validade e tiver sido mantido em condições próprias (refrigerado, tampado, sem chacoalhar), ele não deve estar estragado.

Recomendamos o consumo em até 6 meses após a fabricação porque neste tempo, se mantido refrigerado, o sabor do kombuchá sofre pouca alteração. 

 

Achei uma partícula sólida no meu Kombuchá. O que é isso?

Isso é o SCOBY, ou o biofilme do kombuchá! É normal que um biofilme se forme nas garrafinhas. Não se assuste: isto significa apenas que sua bebida não sofreu nenhum processo de pasteurização. Pode consumir sem medo: a partícula é composta de bactérias e leveduras do bem!

 

Posso consumir Kombuchá estando grávida?

 Esta é uma questão controversa e delicada. O ideal aqui é sempre consultar o seu médico ou nutricionista. Existem várias futuras mamães que já faziam uso de probióticos artesanais antes de engravidar que seguem consumindo o kombuchá sem grilos, algumas o fazem até por recomendação médica. Outras preferem não ingerir a bebida, seja pelo traço alcóolico que o kombuchá pode conter ou seja porque não querem consumir um alimento cru durante a gravidez. A sua escolha deve ser consciente e bem informada, e deve ser tomada com o auxílio do seu médico ou profissional da saúde. 

 

Crianças podem consumir Kombuchá?

Nós temos o orgulho de dizer que nosso público infantil tem crescido bastante. Ficamos muito felizes quando uma criança curte o sabor diferentão do kombuchá, provando que paladar infantil não é paladar de formiga! Então adoraríamos dizer que SIM, crianças podem e DEVEM substituir o refrigerante por uma bebida  saudável, que vai acostumar o seus paladares para bebidas pouco adocicadas. Mas existe um outro lado da moeda: alguns pais preferem não dar kombuchá aos seus pequenos porque a bebida pode conter traços de álcool, apesar de não ser uma bebida alcóolica. A decisão é sua e, caso seu filho possua alguma restrição alimentar ou caso você ainda esteja em dúvida quanto a dar ou não dar, o ideal é consultar um pediatra ou nutricionista.  

 

Existe uma dosagem máxima de Kombuchá que pode ser consumida por dia?

Não exatamente. Cada organismo responde de forma diferente aos alimentos fermentados e alguns são mais outros menos tolerantes à bebida. Algumas pessoas não se sentem bem ao consumir determinada quantidade de kombuchá, outras tomam livremente a bebida sem sentir qualquer efeito colateral. Para quem está entrando agora na vida dos fermentados naturais, é recomendado a ingestão moderada para que o organismo se acostume. Se preferir, interrompa o consumo e consulte um médico.

 

Os produtos de vocês são orgânicos?

Fazemos questão de usar majoritariamente ingredientes orgânicos, ou agroecológico de produtores locais. Caso precise saber a origem de algum ingrediente ou saber se algum específico possui selo de orgânico ou não, não hesite em nos perguntar!

k probióticos

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Rio de Janeiro 2015